INFARMED: Entidades Fabrico de Substancias Controladas (20/11/2019)

TRADELABOR has more than 20 years of experience in the control and treatment of air, working with an experienced and qualified technical staff and with the most advanced technology in this area, which together guarantee the quality of the services provided.

 

 

As entidades que pretendam exercer as atividades relacionadas com cultivo, fabrico, comércio por grosso, importação, exportação de preparações e substâncias à base da planta da canábis para fins medicinais, médico-veterinários e de investigação científica devem submeter o respetivo pedido por meios eletrónicos, conforme informação constante da página Pedidos de licenciamento+ (formulários e minutas), onde se encontram disponibilizados os formulários e as minutas necessárias para a submissão dos pedidos de licenciamento, a qual deverá ser efetuada obrigatoriamente através do Portal Licenciamento+

No Portal Licenciamento+ para além da submissão de pedidos de licenciamento, poderá ser consultado e feito o acompanhamento do estado dos mesmos, realização de pagamentos, resposta a pedidos de elementos, receção das decisões e das autorizações no âmbito das substâncias controladas.

Para obtenção de uma autorização para o cultivo da planta da Canábis para fins medicinais, deve o requerente demonstrar que cumpre com as Boas práticas agrícolas e de colheita (Good Agricultural and Collection Practice (GACP) Guidelines), publicada pela Agência Europeia de Medicamentos, avaliação que é efetuada em sede de inspeções regulares às instalações de cultivo.

Para obtenção de uma autorização para o fabrico de medicamentos para uso humano e/ou medicamentos experimentais e/ou preparações e substâncias à base da planta canábis para fins medicinais, deve o requerente demonstrar que cumpre com as Boas práticas de fabrico de medicamento de uso humano (Good Manufacturing Practice (GMP) Guidelines), e/ou com os requisitos das Boas práticas de fabrico de substâncias ativas (Regulamento Delegado (UE) nº 1252/2014 da Comissão de 28 de maio de 2014), avaliação que é efetuada em sede de inspeções regulares às instalações de fabrico.

Para obtenção de uma autorização de distribuição por grosso para medicamentos de uso humano e/ou preparações e substâncias à base da planta canábis para fins medicinais, deve o requerente demonstrar, conforme regulamento aprovado pelo Infarmed, através da Deliberação n.º 047/CD/2015, de 19 de março de 2015 , que cumpre com as Boas práticas de distribuição de medicamentos de uso humano (Good Distribution Practice of Medicinal Products for Human Use (GDP) Guidelines), avaliação que é efetuada em sede de inspeções regulares às instalações do estabelecimento de distribuição.

We build Industrial Site for Cannabis Oil Extraction. See more at:  PHARMAIUM

 

Contact us:  amg@pharmaium.com

As autorizações para exercício das atividades previstas são em formato eletrónico e publicadas em local apropriado no sítio eletrónico do Infarmed.

Sem prejuízo das autorizações previstas, a importação e exportação de medicamentos, preparações e substâncias à base da planta da canábis para fins medicinais, médico-veterinários ou de investigação científica, depende da emissão pelo Infarmed de um certificado comprovativo da autorização prévia para cada operação, nos termos do disposto nos artigos 22.º e seguintes do Decreto Regulamentar n.º 61/94, de 12 de outubro.

Aceda à página Substâncias controladas, para obter os requerimentos de Certificados Oficiais de Importação e Exportação.

Lista de entidades autorizadas para atividades relacionadas com canábis

Consulte a Listagem de Entidades do Circuito da Distribuição e da Produção e Aquisição Direta selecionando, no campo Atividade, “Cultivo de substâncias controladas/canábis”.

Nome da entidade
LABORATÓRIOS BASI – INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, S.A.
FARMALABOR – PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A.
DLA FARMACÊUTICA, S.A.
SOFARIMEX – INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA, S.A.
Instituto da Soldadura e Qualidade
SIDEFARMA – SOCIEDADE INDUSTRIAL DE EXPANSÃO FARMACEUTICA, S.A.
LABIALFARMA – LABORATÓRIO DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS E NUTRACÊUTICOS, S.A.
LABORATÓRIO MILITAR DE PRODUTOS QUÍMICOS E FARMACÊUTICOS  – (Exercício limitado)
CIPAN – COMPANHIA INDUSTRIAL PRODUTORA DE ANTIBIÓTICOS, S.A.
OM PHARMA, SA.
LABESFAL – LABORATORIOS ALMIRO, SA.
LABORATORIOS VITORIA, S.A.
LUSOMEDICAMENTA – SOCIEDADE TECNICA FARMACEUTICA, SA.
BLUESTABIL – STABILITY STUDIES SERVICES, LDA.
LECIFARMA – Laboratório Farmacêutico, Lda.

Continue at:  https://www.infarmed.pt/web/infarmed/licenciamento-de-atividades

The text above is owned by the site above referred.

Here is only a small part of the article, for more please follow the link

Also see:

www.manostaxx.com

 

Manostaxx
Manostaxx – Industrial Management Consulting

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *