Principais variáveis que influenciam o valor das pensões

Manostaxx

The text that follows is owned by the site above referred.

Here is only a small part of the article, for more please follow the link

SOURCE: http://saldopositivo.cgd.pt/simulador-calcule-o-valor-da-sua-pensao-em-2015/

Taxas de retenção na fonte: É a parcela da pensão que fica retida pelo Estado para efeitos de IRS e que não chega a entrar nas carteiras dos consumidores. Poderá conhecer em detalhe as tabelas de retenção a vigorar durante este ano aqui. Veja neste artigo as principais novidades no que diz respeito à aplicação das tabelas de retenção de IRS em 2015.

Contribuição Extraordinária de Solidariedade: A CES foi reformulada e em 2015 aplica-se apenas às pensões acima dos 4.611 euros. Esta contribuição é aplicada da seguinte forma: Sobre o montante das pensões que seja superior a 4.611 euros mensais e cujo valor não ultrapasse os 7.127 euros será aplicada uma taxa de 15%. Sobre o montante das pensões que ultrapasse os 7.127 euros mensais vai recair uma taxa de 40%
ADSE: Os pensionistas da Caixa Geral de Aposentações terão ainda que contabilizar no valor da sua pensão os descontos que fazem para a ADSE, que correspondem a uma contribuição de 3,5%.

Sobretaxa de IRS: À semelhança dos trabalhadores do setor privado e do setor público, também os pensionistas estão sujeitos ao pagamento da sobretaxa de IRS no valor de 3,5%. Esta taxa é cobrada mensalmente e incide sobre os montantes auferidos que excedam o salário mínimo (505 euros).

Duodécimos: Os pensionistas da Caixa Geral de Aposentações e da Segurança Social, à semelhança do que acontece com os funcionários públicos, vão continuar a receber obrigatoriamente o subsídio de Natal em regime de duodécimos. Ou seja, recebem este subsídio de forma parcelar e faseada todos os meses, o que influencia positivamente o rendimento mensal destes beneficiários.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *